Siga-me!

Pirações de uma pretinha.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Vendo coisas...


A minha paranóia é constante, 
Está em todos os lugares! 
Está na mulher que comenta sobre meus cabelos altos. 
Está nos bairros periféricos sem luz, 
Está na ladeira da montanha, 
Está nas novelas e suas empregadas. 
A minha paranóia é constante, 
Está nos comerciais de televisão, 
Está na negação da cor e das cotas, 
Está na atendente de shopping, 
No segurança de shopping. 
A minha paranóia é constante, 
Está nos apelidinhos carinhosos, que eu adoro. 
Macaco, Negrinha, Ladrão, Marginal, Assassino, Brown... 
A minha paranóia é constante, 
Está no elevador de serviço, 
Nos salões que não cortam meu tipo de cabelo, 
No batalhão de negras e não-negras do Corredor da Vitória às 06:00 da manhã. 
A minha paranóia é constante, 
Está com Tia Nastácia na cozinha, 
Com Monteiro Lobato em Negrinha, 
Está com as protagonistas negras da Cor do Pecado, 
A minha paranóia é constante, 
Dorme e acorda comigo e com o mundo, 
Num Salvador, que não salva ninguém.

3 comentários:

*-* Thaís Cavalcante *-* disse...

Mulher: que energia MARAVILHOSA foi essa que vc largou lá no meu blog?? =O
Uauuuuuuuuuu!
Não ia deixar vc nem outras que queíram saber algo sobre peles negras, só me dê um time pq ainda tô montando meu estoque de makes apropiados e é tdo um processo!
Coloquei vc lá nos blog's que leio sempre viu?
Muuuita energia massa pra 2011 e por toda sua vida!
Sua áurea é limpa e clara, senti na sua escrita!
Bezo!

Bia Hyde disse...

uau, fiquei ate tonta depois que eu li, só queria disser que adorei e parabens, estou te seguindo linda XD
adorei aqui
Beijos
http://biahyde.blogspot.com/

Koizaz Di Minina disse...

Eu gostei muito desse! É Top!