Siga-me!

Pirações de uma pretinha.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

A Aula

Os intelectualóides,
De canto de boca,
Babam nas salas de aula,
Querendo ser um professor, profeta...
Pseudo Sapientia, clamam um acerto!
A cada palavra dita,
Ou copiada,
Que nojo!
Ó Barthes!
Tangei para debaixo dos tapetes,
Esses fraudianos.
Nojentos homens, mal amados,
Barbudos, cópias verdadeiras do "Hermano",
Mal trapilhos ricos,
Plageando Raul,
Não sabem nada,
Não dizem - sentem nada


E fingem.

5 comentários:

Koizaz Di Minina disse...

descrição de uma aula... em Letras (!)rsrsrsrs

Mônica Menezes disse...

Já estou melhor, Joanna. Obrigada. E amei o seu blogue. Voltarei sempre. Bjs

Ellen Joyce disse...

Inteiramente ratificado!
Parabéns pelo blog!

Gabriel Garcia disse...

Observação perfeita de uma realidade infeliz. Excelente jô, que bom que não sou só eu que visualizo isto na UFBA...

Só falta agora uma descrição em uma faculdade particular, de preferência do curso de Direito, ou então nessas boates onde os mesmos se "divertem"...

Bjão jô, continue produzindo, sempre!

Água Doce disse...

nossa, conheço um Fellini tupiniquim que cabe no seu verso.Rs!
muito bom!